O seu dentista tem uma variedade de opções de produtos de clareamento dental quando ele escolhe um sistema de branqueamento profissional. Um sistema de clareamento profissional é aquele que é aplicado por um dentista num consultório, em contrapartida existem os sistemas de clareamento dental caseiros que o paciente aplica em casa.

O branqueamento profissional é muitas vezes chamado de clareamento dental a laser, mesmo que não seja utilizado o laser.

Agora vamos falar só dos clareamentos profissionais também chamados de clareamentos a laser que são efectuados pelo seu dentista, vamos ver todos os passos do procedimento e falar das várias opções que você tem como paciente.

Apesar de existirem vários sistemas de clareamento profissional de várias marcas existe um conjunto de passos que são comuns a todos os sistemas de clareamento dental feitos no dentista.

Avaliação da Cor dos Dentes Antes do Clareamento

Antes de ser feito o clareamento dental é necessário analisar a cor dos dentes antes do tratamento. Tanto o paciente como o dentista estão interessados em determinar o grau de eficácia que o tratamento teve. Para poder fazer esta comparação o dentista precisa de documentar o tom dos dentes antes do tratamento.

O dentista vai utilizar um conjunto tons em dentes de porcelana e comparar cada tom com os dentes do paciente até identificar o tom que mais parecido com o do paciente. Em alguns casos o dentista também pode documentar o tom dos dentes tirando uma fotografia dos dentes do paciente.

Os dentes devem ser lavados antes de fazer um clareamento dental. Antes de fazer um clareamento o paciente deve fazer uma lavagem de dentes profissional. Tanto as manchas superficiais como o tártaro devem ser removidos dos dentes antes do branqueamento dentário ser feito. Por vezes as pessoas tem uma melhora grande depois de fazer uma lavagem que já não desejam fazer um clareamento dental.

Antes do processo de branqueamento começar (e antes de determinar a cor dos dentes antes do tratamento) o dentista vai polir os dentes do paciente para se certificar que todas as manchas superficiais, incluindo aquelas que se podem ter formado desde a limpeza dentária, foram removidas.

Isolar os Dentes com uma Barreira Gengival

O dentista vai isolar os dentes com uma barreira gengival para proteger as gengivas e os lábios. O peróxido do gel de clareamento dental utilizados nos clareamentos profissionais são cáusticos e podem irritar ou danificar tecidos orais macios. Para proteger esses tecidos o dentista vai isolar os dentes que vão ser branqueados. Eles fazem isso colocando uma barreira gengival.

Os dentes são isolados antes de ser aplicado o gel de clareamento. Uma forma de fazer uma barreira dental é com uma camada fina de latex que os dentistas chamam de “barreira de latext”. São feitos buracos no latex (um por cada dente) e o latex é inserido na sua posição. Os dentes que saem do latex podem ser tratados e o latex actua como uma barreira para manter o gel e a luz de clareamento longe das gengivas e dos lábios do paciente.

Outro tipo de barreira gengival pode ser pintada na gengiva. Neste caso a barreira gengival é aplicada à volta dos dentes que vão ser tratados.

Normalmente é utilizado um retractor de bochechas juntamente com a barreira gengival de tinta para assegurar que os lábios e as bochechas do paciente fiquem fora do caminho durante o tratamento. Pode haver a utilização de gaze e algodão para ajudar na retracção. Depois do clareamento dental ser completado o retractor e o algodão é removido e a barreira gengival é removida.

Protecção para os Olhos do Paciente

Devido à natureza cáustica do peróxido utilizada nos clareamentos dentais de consultório é necessário proteger os olhos do paciente. É uma questão de protecção porque pode have um salpico de materiais. Por essa razão provavelmente o seu dentista vai colocar algo por cima da sua cara também.

Outra razão que torna necessário utilizar protecção ocular é que muitos sistemas de clareamento utilizam uma luz ou um lazer para “activar” o gel de clareamento. Um laser ou um fotopolinerizador podem causar danos aos olhos.

Aplicação do Gel de Clareamento Dental

O dentista seca os dentes e aplica o gel de clareamento dental na superficie dos dentes, também chamado de peróxido.

Os gels de clareamento de consultório são normalmente pastas espessas ou gels que são aplicadas com um pincel ou com espátula.

Opcional: Utilização de um Laser ou Luz de Activação do Gel de Clareamento

Na maioria dos sistemas de clareamento dental de consultório o gel tem de ser “activado” através de uma fonte de luz. Alguns tipos de luz utilizadas são a de halide, halogénio, plasma arc e os lasers.

Teoricamente esta “activação” diminui o tempo de tratamento ou torna o gel de branqueamento mais efectivo. Nem todos os sistemas profissionais incorporam este passo da “activação” no seu protocolo. A necessidade de uma luz de “activação” não é universalmente aceite por dentistas nem é universalmente apoiada na literatura dentária.

O Clareamento Dental é Aplicado Durante Alguns Minutos

Este tipo de branqueamento dentário é completado normalmente entre 60 e 90 minutos de consulta, dependendo das características do produto que é utilizado. Uma sessão de clareamento pode consistir numa aplicação singular ou em múltiplas aplicações do peróxido de hidrogénio.

Existe a possibilidade de sentir sensibilidade dentária durante o processo. Dependendo das circunstancias específicas o seu dentista pode encurtar o tempo de tratamento e terminar o branqueamento mais cedo.

Finalização do Tratamento

No final do tratamento o gel de clareamento vai ser aspirado e lavado dos dentes. Também é removida barreira dental e outros materiais de isolamento ou aparelhos de retracção.

Determinar a Cor Após o Clareamento Dental

Tal como antes de ser feito o tratamento, depois do clareamento dental ser completado o dentista vai fazer outra avaliação para analisar o resultado do branqueamento dentário.

Se foi feita uma fotografia antes do tratamento o dentista vai tirar outra foto para documentar o tratamento.

Você deve estar ciente de que em alguns casos (devido à desidratação dos dentes) a determinação da cor dos dentes logo após o clareamento pode dar um resultado enganador e pode aumentar os resultados do branqueamento. A melhor forma de fazer uma avaliação da cor após o tratamento é alguns dias depois.

Opcional: Tratamento de Fluoreto

O dentista pode recomendar o paciente a fazer um tratamento de fluor profissional depois de fazer o clareamento dentário. A aplicação de fluor pode ajudar a minimizar a sensibilidade dentária (aquela que aparece quando ingere bebidas quentes ou frias) que o paciente pode experienciar.

O fluor depositado na superficie do dente pode promover a remineralização dessas regiões desmineralizadas.

Opcional: Complementar com um Clareamento Dental Caseiro

O dentista pode sugerir que o clareamento dental feito na clínica deve ser reforçado com um clareamento dental caseiro. Para mais informações sobre um clareamento dental caseiro depois de um profissional veja este artigo.

Estes são os passos normais de um protocolo de um clareamento dental efectuado num dentista. Cada marca tem os seus protocolos específicos e para isso pode ler as análises sobre os diferentes sistemas de clareamento profissionais.